Sobre Heliana Querino

Heliana Querino - jornalista, escritora, pesquisadora, coordenadora de Cultura em SegundaOpinião.jor Um cronópio num mundo repleto de Famas. Metade de minha alma tem quinze, a outra, duzentos anos.

E se Fortaleza fosse…

E se Fortaleza fosse uma cidade construída em volta de mil canais, beleza, não seria Fortaleza, ela seria Veneza. 
Mas se Fortaleza estivesse bem em cima de uma serra, Bogotá, a nossa terra não seria Fortaleza.
E se o frio – desgovernados

Mercado de Sinônimos

Pense numa confusão semântica, um abuso de linguagem! Dizem que vivemos numa sociedade de mercado, de mercado livre. 
O mercado subiu.
Desceu o mercado.
O mercado tá quente, tá livre, tá peixe.
O mercado do qual os jornais nos falam todo dia – o

Na Hora do Almoço – Heliana Querino

Tentando manter a posição ativa, a vendedora se senta no banquinho do caixa, com a cara estressada, e se queixa para a colega da loja vizinha: 
 
– tu já almoçou, amiga? Hoje preciso comer rapidamente. Reduziram o horário de almoço, mas

Mulheres daqui e dali

“Pai” a gente não venera, “pai” a gente se emancipa e degola.
Mulheres ativas. Assalariadas ou donas de casa.
Mulheres em bancos, em serviços e praças.
E quantas delas trabalham por conta própria…
Mulher Fortaleza, que mantém o emprego depois de casada, ganhos a

O lado de fora – Heliana Querino

 
Quando comecei a pensar em escrever uma crônica sobre ESPAÇO, com este nome, eu revirei meus olhos em interrogação. Sim, haveria algo sobre espaço com que uma não-arquiteta pudesse preencher páginas em branco? 
Ora, eu escreveria sobre meu quarto, minha sala,