Sobre Arnaldo Santos

Arnaldo Santos é jornalista, sociólogo, doutor em Ciencia Política, pela Universidade Nova de Lisboa. É pesquisador do Laboratório de Estudos da Pobreza – LEP/CAEN/UFC, e do Observatório do Federalismo Brasileiro. Como sociólogo e pesquisador da história política do Ceará, publicou vários livros na área de política, e de economia, dentre eles - Mudancismo e Social Democracia - Impeachment, Ascenção e Queda de um Presidente - sobre o ex-Presidente Collor, em 2010, pela Cia. do Livro. - Micro Crédito e Desenvolvimento Regional, - BNB – 60 Anos de Desenvolvimento - Esses dois últimos, em co-autoria com Francisco Goes. ​Arnaldo Santos é membro da Academia Cearense de Literatura e Jornalismo – ACLJ, e da Sociedade Internacional de História do século XVIII com sede em Lisboa.

O CUSTO DA CIDADE

A diferença entre aldeia e cidade é que esta tem espírito, um espírito que tudo banha, modela e dignifica.
(ANGEL GANIVET GARCIA. Escritor e diplomata espanhol. Granada, 13.12.1865; Riga [cap. da Lituânia],29.11.1898. 33 anos).
Dados do IBGE – março de 2023 –

DO MUDANCISMO AOS DIAS DE HOJE

​​​No momento em que o País, pela sua representação política, se mobiliza com o objetivo de eleger o próximo presidente da República, faz-se necessário revisitar a história desse período, com vistas a examinar sua extensão, os avanços e/ou retrocessos políticos,

OS PRETENSOS MANDARINS

Meridianamente claro é o fato de que o primeiro objetivo que move a política, em sua essência, é a busca permanente pelo poder, demandado a todo custo pelos partidos por via dos seus representantes eleitos. Para sua efetivação todos se

OS PARTIDOS E A CRISE DE REPRESENTATIVIDADE

No artigo imediatamente anterior, revisitamos a história da criação dos primeiros partidos políticos no mundo, suas trajetórias e evolução nos vários modelos de governo, especialmente nas democracias mais consolidadas. Na reflexão procedida hoje, examinamos a crise de representatividade dos grêmios

OS PARTIDOS POLÍTICOS

​No momento em que se discute a criação das federações partidárias aprovada pelo Congresso Nacional, impõe-se que revisitemos a história da criação e organização dos partidos políticos no mundo, sua evolução ou involução, à extensão da história, como instrumentos essenciais

O ATROFIO DA POLÍTICA

Na antessala de mais uma eleição para renovar o Congresso Nacional, escolher os governadores e o próximo Presidente da República, procedemos a esse breve comentário, com o objetivo de chamar atenção para os vários panoramas político-eleitorais ora articulados, sem, no

Gênese da Corrupção

Nesses tempos de trevas, embrutecimento e negacionismo, gênese do bolsonarismo, tenho dedicado parte do meu tempo a estudar e pesquisar sobre a natureza da corrupção, tentando compreender a formação da corruptopatia!
O objetivo é assimilar a compulsão sem limites, bem assim

Tancredo//[email protected]

Meu caro Ulysses, cumprimentando-o pelo seus 105 anos (1916/2021), transcorridos no ano findo, e ignorados nesses tempos de negação dos mais elementares valores civilizatórios, rendo-lhe as minhas singelas homenagens, já me desculpando por não ter lhe preparado uma recepção como