Tudo sobre: Cultura

VOZ

Ela fez uma canção de amor
Numa festa do interior
Tomou um sorvete na lanchonete
Nada que comeu fez mal
Maria cheia de Graça
Sempre tão legal
Uma mulher, uma beleza
Vaca Profana, Tigresa
Índia da pele morena
Mas que pena…não gosta mais de mim
Me descartou de seu

DONA IVONE

Ela e Nise da Silveira
Nise, médica
Ela enfermeira
Mostram a Jung e Freud
Como é que elas podem
Unir arte e medicina
Alma humana é coisa fina
A arte pode salvar
O espírito que desanima
Música, desenho, pintura
São também parte da cura
Assim fez Dona Ivone Lara
Que do

JOÃO QUE VALE OURO

A Pipira do Mané
Beliscou uma menina
E doeu o coração
Assim como o Carcará
Deu fama para João
Vale tanto essa vida
Pra quem faz uma canção
Dessas de alegria e dor
Mas não Pisa na Fulô
Respeita aí meu irmão
Um João que Vale ouro
Vem chegando de

Caro Diário

Claudia Zogheib
O silêncio é um espaço que faz surgir um sentido a saber:  na pausa, no intervalo, nas reticências. Silêncio sentido que se revela e diz respeito a um contexto que atualiza a história anunciada, um discurso do inconsciente.
Quando não

ASA AMIGA

Menina, e Cleide?
Gostava duma rede…
E Judith Calixto, tens visto?
Nann.. nunca mais
Mais um golin, mulher
Dá-se fé, eu nem me ponho em pé
Né de vinho, não, criatura
É café… que gostosura
Ah… tá… sabe como é, né
Então, tá
Tem asa na memória…
Oh glória…
Essa era cheia

PESO

Em alto e bom tom
Tom Zé
Em fino tom, Jobim
Em todos os tons
Milton
Tonelada
Leve!
28/06/2024
Dora de Paula

VIVER

Paz na Terra às Mulheres de Boa Vontade
Elas só querem viver pra fazer a própria felicidade
Aos milhares as mulheres mostrarão a sua verdade
E passarão livres passarinhos
26/06/2024
Dora de Paula

RESPIRAR

Colo arfante
Solo palpitante
Todos os sentidos
Tão sentidos
Nesse instante …
25/06/2024
Dora de Paula
***do post de João Francisco Teixeira