Sobre Heliana Querino

Heliana Querino - jornalista, escritora, pesquisadora, coordenadora de Cultura em SegundaOpinião.jor Um cronópio num mundo repleto de Famas. Metade de minha alma tem quinze, a outra, duzentos anos.

Em Meu Nome

A vida acontecendo. Histórias de gente. É sobre isso que a autora carioca Elaine Araújo Brito escreve. 
Com sensibilidade, sem perder a força da narrativa, suas personagens, sobretudo as mulheres protagonistas de Em meu nome, poderiam facilmente ser pessoas reais enfrentando

A ciência mais bonita de São João

Enquanto as sianinhas da saia de Zefa disputavam rodoró com o brilho incandescente das chuvinhas, o vento soprava na nossa cara, as faíscas da fogueira e o perfume Toque de Amor que Tica usara  para “enfeitiçar” o marido, recém chegado

Desviando T.S.Eliot ou abril despetalado

Abriu a página do jornal
abril quatrocentos mil
Abriu lacuna
em desolado abril
E à tarde no Brasil, a noite dorme sem nenhuma paz
Abril, adormecido acordado, fatigado, ao nosso lado alguém jaz
enquanto no Planalto há um capataz
O enterro dos mortos, escreveu Eliot, “Abril é