Vereador Robert Burns (PTC) quer plebiscito para retomar Coelce para o Estado

As constantes reclamações sobre os serviços prestados pela COELCE motivaram o vereador Robert Burns a criar um plebiscito popular para decidir sobre o destino da operadora. De acordo com o parlamentar, a empresa que administra o sistema de distribuição de energia, “não está oferecendo serviço de qualidade para a população e o número de reclamações só aumenta”, por esse motivo a empresa não deve continuar com a concessão.

O vereador destaca que a CPI da COELCE foi fundamental para detectar que a empresa é “desorganizada e atrasada” e que o “plebiscito é o melhor caminho para decidir se a empresa deve ou não continuar como está”.

“Se 60% da população reclamar da Coelce, a concessão cai. Essa Coelce é dirigida por espanhóis e pedimos para trazer de volta para o povo do Ceará. Demos entrada ao processo de plebiscito na cidade. Se o povo achar que a Coelce está errada e que as reclamações não são resolvidas, ela retorna ao povo”, finalizou o parlamentar.

Franzé de Sousa

Franzé de Sousa

Repórter Fotográfico/Videomaker, colaborador do Segunda Opinião.

Mais do autor

1 comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.