PROVÉRBIO – Dimas Macedo

Não há coisas findas

e nem coisas gastas.

Da vida o que fica

é a palavra acesa.

 

E fica o desejo

sempre renovado,

pois todas as coisas

mortas passarão.

 

A imaginação é o que modifica.

Ter opinião é o que menos conta,

já que existe um rio

gravado em nossas mãos.

 

Tudo o que plantamos

e tudo o que colhemos é o sonho.

E tudo o que perdemos é o tempo,

pois as coisas vivas ressuscitarão.

Dimas Macedo

Dimas Macedo

Poeta, jurista e crítico literário. Professor da UFC.

Mais do autor

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.