Efêmera Existência

A nossa infinita insignificância com relação ao nosso imenso cosmo nos deixa perplexos, quando tentamos repensar a nossa efêmera existência. Dizem alguns especialistas no assunto que somos apenas um grão de areia em nosso imenso Universo. A criação, que parece ser um ato arbitrário para os pobres e infelizes ateus, torna-se um fato mediante a plenitude do Eterno. Seria um absurdo imaginarmos um mundo cruel e desumano, sem a existência do Altíssimo, já que suas leis imutáveis estão expostas na Física Quântica, na Química, Biologia, Matemática e espalhada na Imensidão do Cosmo; apesar de nossa origem ainda ser uma grande incógnita. O nosso estimável cientista George White Sides, químico e estudioso de nossa Nanotecnologia diz o seguinte: ” Grande parte dos químicos acreditam que a vida surgiu espontaneamente e a partir de misturas na terra prebiótica” como? Ele diz: ” Não Faço Idéia”. O nosso Grande matemático e Físico Isaac Newton também reconheceu a Grandeza do Eterno, quando afirma: ” A existência de Deus, é tão certa quanto um Teorema de Geometria”. O Mestre e poeta libanês Gibran Calil Gibran nos extasia em suas narrativas, quando nos fala do nosso Salvador Ieshua, vejam: ” Que direi do seu modo de pregar?, talvez houvesse algo em sua pessoa que emprestava força às suas palavras e dominava aqueles que o ouviam; pois ELE era formoso e no seu semblante havia o resplendor do dia. Como escritor, fico profundamente triste quando ouço pessoas ingênuas dizendo que nosso Salvador nunca existiu. As religiões, sim, se fundamentam na esperteza de poucos e na ignorância de milhões, mas nosso Mestre nunca fundou religião, apenas nos deixou um legado de profunda sabedoria, onde se olharmos para o nosso Vastíssimo Cosmo, rapidamente notaremos a nossa efêmera existência.

Marcos Abreu é Poeta e escritor.

Marcos Abreu

Poeta, Escritor, Declamador de Poesias, interprete do cancioneiro em MPB e outros gêneros; cronista, contista, romancista. Nascido em Fortaleza-Ceará é autor das seguintes obras: "Poesias de um Poeta Louco"(1995), " Nas Teias da Poesia" (1997)-Editora Passárgada- Pernambuco-Recife "Retalhos Poéticos" Poesia Livro-2000 Cordéis Publicados: " A Revolução Humana" publicado pela Fraternidade Arte e Cultura-2011 " O Rouxinol e a Rosa" Literatura Infantil- Editora Flor da Serra-2016 " A Coisificação da Sociedade na pós-modernidade" " Versos de Ouro" Fecomércio-Senac-Sesc-IPDC Antologias: Poetas da Praça do Ferreira-Editado Pela BSG-Bureau de Serviços Gráficos-Editor- Márcio Catunda-2018 "Amor Música e Poesia" Editor: Antonio Pompeu. Romances: " O Louco e o Estado-Expressão Gráfica-Fortaleza-2019-Edição e Prefácio-Dimas Macedo

Mais do autor

0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.