Uma nação, um povo, um líder

Zoofilia

“Naquele tempo não tinha mulher como tem hoje”.

Canibalismo

“Comeria um índio sem problema nenhum’.

Pedofilia

“… menininhas de 14 anos, bonitas, arrumadinhas. Pintou um clima”.

Sonegação

“Sonego o que for possível”.

Auxílio moradia

“Uso para comer gente”.

Pobreza

“Pobre não sabe fazer nada, o pobre só tem uma utilidade nesse país: votar com diploma de burro no bolso”.

Afrodescendentes

“O afrodescendente mais leve pesava sete arrobas. Não fazem nada”.

Nordestinos

“Só tá faltando crescer um pouquinho a cabeça”.

Trabalho feminino

“Mulher deve ganhar salário menor porque engravida”.

Estupro

“Só não te estupro porque não merece”.

Brasil

“Quem quiser vir fazer sexo com mulher, fique à vontade”.

Homossexualidade

“… começa a ficar meio gayzinho, dá coro que ele melhora”. “Seria incapaz de amar um filho homossexual. Prefiro morto”.

Minorias

“… minorias se adequam ou desaparecem”.

Direitos

“Devem ser rasgados e jogados na latrina”.

Indígenas

A cavalaria brasileira foi incompetente. Competente, sim, foi a cavalaria norte-americana, que dizimou seus índios”.

Asfixia por covid

“… urr urr urr, tô com covid”(risos).

Mortos por covid

“Minha especialidade é matar”. “Não sou coveiro”.

Desobediência civil

“A culpa não é minha”.

Nazismo

(Ein Volk, ein Reich, ein Führer) “Uma nação, um povo, um líder”.

 

Fonte da imagem:https://bityli.com/anMczFNk

Alder Teixeira

Professor titular aposentado da UECE e do IFCE nas disciplinas de História da Arte, Estética do Cinema, Comunicação e Linguagem nas Artes Visuais, Teoria da Literatura e Análise do Texto Dramático. Especialista em Literatura Brasileira, Mestre em Letras e Doutor em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais. É autor, entre outros, dos livros Do Amor e Outros Poemas, Do Amor e Outras Crônicas, Componentes Dramáticos da Poética de Carlos Drummond de Andrade, A Hora do Lobo: Estratégias Narrativas na Filmografia de Ingmar Bergman e Guia da Prosa de Ficção Brasileira. Escreve crônicas e artigos de crítica cinematográfica

Mais do autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.