SOBRE A QUESTÃO MILITAR

Nossos três últimos artigos postados no site Segunda Opinião compõem um trilogia em torno da questão militar, motivados que fomos a analisar a determinação contraditória do comandante do Exército, general Paulo Sérgio, de ocultar por 100 anos a relação entre Bolsonaro, Exército e o general Pazuello à frente do Ministério da Saúde, assessorado por mais 15 coronéis. No dia 17/06, o general Luís Matos, presidente do Superior Tribunal Militar (STM), veio à cena pública concedendo uma entrevista à Revista Veja na qual afirma categoricamente que Pazuello agiu corretamente e que Bolsonaro é uma personagem democrática, em mais um movimento obscurantista neste tabuleiro do xadrez político jogado pelas Forças Armadas. Neste programa procuramos aprofundar a questão.

Alexandre Aragão de Albuquerque

Mestre em Políticas Públicas e Sociedade (UECE). Especialista em Democracia Participativa e Movimentos Sociais (UFMG). Pesquisador do Grupo Democracia e Globalização (UECE/CNPQ). Autor dos livros: Juventude, Educação e Participação Política (Paco Editorial); Para entender o tempo presente (Paco Editorial); Uma escola de comunhão na liberdade (Paco Editorial); Fraternidade e Comunhão: motores da construção de um novo paradigma humano (Editora Casa Leiria) .

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.