SANDUÍCHE NATURAL – por Uribam Xavier.

Retiram-se as folhas de papel alumínio,

Eis o conteúdo:

Duas fatias de pão de forma,

Maionese hellmann’s,

Milho em conserva,

Atum de enlatados.

Tão natural quanto os laranjas

Da família, do partido e do governo de Bolsonaro.

Tão natural, quando o predador de florestas

Não saber quem é o seringueiro.

Tão natural como o ministro da justiça, criar pena de morte,

Disfarçada de lei anticrime, silenciar sobre encontro

Que teve com representantes dos mercados de armas,

Alegando direito de privacidade.

Tão natural quanto o silencio e a cumplicidade

Dos batedores de panelas.

Natural é a natureza da mentira, do engano maldoso.

Uribam Xavier

Uribam Xavier

Graduado em Filosofa Política e Doutor em Sociologia, professor da área de Ciência Política do Departamento de Ciências Sociais. Autor do Livro “O Capital e a Política”, editora Livro Novo, São Paulo, 2012.

Mais do autor