Sobre Uribam Xavier

URIBAM XAVIER. Sou filho de pai negro e mãe descendente de indígenas da etnia Tremembé, que habitam o litoral cearense. Sou um corpo-político negro-indígena urbanizado. Gosto de café com tapioca, cuscuz, manga, peixe, frutos do mar, verduras, música, de dormir e se balançar em rede. Frequento os bares do entorno da Igreja de Santa Luzia e do Bairro Benfica, gosto de andar a pé pelo Bairro de Fátima (Fortaleza). Escrevo para puxar conversa e fazer arenga política.

O ESTADO DE TERROR NA NICARÁGUA

Na década de 1980, a revolução sandinista e o sandinismo na Nicarágua eram símbolos de renovação da utopia socialista, da possibilidade da construção de um socialismo de novo tipo; diferente do chamado “socialismo real” em decadência na ex-união soviética. A