João Alfredo cobra do Prefeito execução do orçamento para crianças e adolescentes em Fortaleza

O vereador João Alfredo (PSOL)  lamentou a falta de execução do orçamento municipal para o atendimento social de crianças e adolescentes. De acordo com o parlamentar, cerca de R$ 11 milhões deixaram de ser aplicados entre janeiro e agosto deste ano na área da criança e juventude.

O vereador lembrou que quando a CMFor recebeu a PLOA de 2015 e que havia a intenção de corte de quase R$ 10 milhões, os parlamentares lutaram com a sociedade para que não houvesse o corte e os R$ 10 milhões foram mantidos no orçamento voltado para a criança e adolescente. O parlamentar lamentou que neste ano, até agosto, cerca de R$ 11 milhões não foram executados.

O parlamentar elencou uma série de programas voltados para crianças e adolescentes que, ou não foram executados, ou tiveram apenas uma pequena parcela do orçamento executada, como o acolhimento institucional de crianças e adolescentes, que teve um orçamento de R$ 3 milhões e apenas R$ 870 mil foram executados, e a realização de campanhas de enfrentamento a violência sexual, que tinha o orçamento de R$ 75 mil e foi executado zero por cento.

“Se formos olhar para o Fundo Municipal de Educação que foi aprovado nesta Casa, dos R$ 14 milhões, apenas R$ 255 mil foram aplicados. Menos de 2% foi destinado para a construção de creches, e se olharmos outras rubricas, é pior ainda”, lamentou.

João Alfredo afirmou que o problema não é orçamento, mas questão de prioridade, dando exemplo que o prefeito teve uma verba este ano de R$ 38 milhões voltado para publicidade e que para o ano que vem, o valor é de R$ 183 milhões.

“O fato é que temos a oportunidade de corrigir isso. Se aprova uma coisa aqui nesta Casa e o governo não aplica. Então temos que cobrar a aplicação, porque aprovar orçamento e não ser aplicado, vira uma mera de ficção. Temos que lutar para que a criança e adolescente sejam prioridades, como tem na nossa Constituição”, concluiu.

 

 

 

Fonte: Felipe Macedo (Assessoria da CMFOR)

Franzé de Sousa

Repórter Fotográfico/Videomaker, colaborador do Segunda Opinião.

Mais do autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.