Fio travoso

Acende a fogueira e aquece as paredes de aço

Do bico do bule até o chão da xícara
A mágica acontece

Um fio travoso retalha com precisão a nuvem alva com cheiro de felicidade

Olha o que eu achei, – o mar – infinito mar cabe inteiro dentro de uma xícara

Quer café?

Heliana Querino

Heliana Querino

Heliana Querino - jornalista, escritora, pesquisadora, coordenadora de Cultura em SegundaOpinião.jor Um cronópio num mundo repleto de Famas. Metade de minha alma tem quinze, a outra, duzentos anos.

Mais do autor - Twitter - Facebook - LinkedIn

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.