DIÁRIO DE UM ESCRITOR DE PROVÍNCIA. PRÓLOGO (XXI)

Para Vicente Monteiro e Reginaldo da Silva Domingos, que não se conhecem

Por que devemos beber cervejas artesanais.

A cerveja, meninos e meninas,

Tem seu tempo de maturação,

Que não deve ser forçado nem

Exigido antes do tempo. Assim,

Pois, não me peçam nem sequer

O menor verso. Sou desses escritores

Rebeldes, a única cepa que ainda presta

Dessa raça faminta cuja amizade eu,

Sinceramente, não recomendo. As

Escritas coisas, ditas literatura e

Pensamento, eventualmente, também

Pedem uma secreta maturação

Dada em silenciosos momentos. Não,

Não me peçam textos com hora marcada:

Sou desses intempestivos que chegam

Depois que a festa terminou ou antes

E ainda vou embora sem me despedir,

Tendo feito um vexame daqueles e não só

Porque o mundo precisa de lendas.

Demorarei, aviso, todas as encomendas,

E chegarei, presto, com tudo que ninguém

Pediu. É isso a poesia, esse excesso

Da falta nascido, esse deixar-se roubar

E roubar tão descaradamente quanto, mas

Nunca por vingança, só por burla. Vizinhos,

Mais da profecia que da filosofia, também

Como todos os profetas somos sábios

E atrasados, pontualmente atrasados,

Tragicamente atrasados, pois não,

De modo algum, poderíamos dizer antes

O que já sabíamos, posto que nunca,

Nunca nos dão crédito. E falamos atrasado

O que preferiam que não disséssemos

Nunca. O resto, além de silêncio,

É pura fermentação, e tempo. Não,

Nunca, jamais, peça ao poeta nem

Lhe exija, se lhe pagar considere o dinheiro

Dado a fundo perdido: nunca lhe cobre

Nem ao menos o mais mísero verso,

Os de amor, por exemplo, nunca antes

Do degredo. Assim  como não se deve,

Em hipótese alguma, abrir uma cerveja

Antes da sua maturação exata e científica.

Poesia, cerveja, amor, vida, caros discípulos,

São frágeis, as mais frágeis ilusões.

Airton Uchoa

Airton Uchoa

Escritor, leitor e sobrevivente.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.