CHAVES!

Clementina, cadê você
Sei que vou morrer, não sei o dia.
Mas se te encontrar, vou chorar de alegria !

Quero cantar junto
Com a Mulher do fim do Mundo.
Não deixo ninguém de fora
Quero Dona Ivone Lara
Com o seu sorriso aberto
Tudo certo, sonho meu

Eu vou buscar quem longe mora,
Agora !
Dona Zica, Vicentina,
Água no feijão que chegou mais um.
Só os bambas, só o samba pedindo passagem!
Mulheres aos milhares
Balançam o mundo, as cadeiras, brejeiras,
Certeiras no seu intento!

Majestades entram no Céu
Irene já está com as chaves
Do Céu e da Terra.
São Pedro sorriu pra ela e ela entrou!
Agora o céu é seu e meu
Irene é boa e está sempre de bom humor.
Por isso São Pedro lhe deu as chaves!
Ave Maria, que bom!

25/06/2024
Dora de Paula

Dora de Paula

Maria Auxiliadora de Paula Gonçalves Holanda, doutora em educação-UFC, mestre em Educação-UnB, Arteterapeuta- Instituto Aquilae, escritora e compositora.