CABELO/CABELIN/CABELÃO

Meu cabelo verde
Vem ver de perto
É certo ou errado?
É feio ou diferente
Esquisito ou engraçado
O cabelo é meu
E de mais ninguém !
Venha vê-lo
Em qualquer cabeça
Pode cabe-lo!
Você também pode fazê-lo
Com zelo, com desvelo

Eu pinto de qualquer cor
Assim como o meu amor
Pinte você também
Ou não pinte, meu bem
Seja como for, sempre tem
Quem fale mal de alguém
Ou que fale bem
Ora, se tem

Cores e formas são lindas
E as línguas nunca findam
De falar o que lhes vem
Mesmo se não convém

Então meu cabelo verde
Você quer ver de pertinho
Não paga nenhum vintém
É bonito né,
Deixa eu….
O quê que tem?
Cabelin bunitin
Meu pixaim
Pra agradar teu coração
Meu cabelão

17/06/2024
Dora de Paula

Dora de Paula

Maria Auxiliadora de Paula Gonçalves Holanda, doutora em educação-UFC, mestre em Educação-UnB, Arteterapeuta- Instituto Aquilae, escritora e compositora.