paulo-fiorilo

Vereador Paulo Fiorilo (PT) repudia o tratamento agressivo dado aos professores do Paraná

O vereador Paulo Fiorilo (PT) lamenta a situação dos professores do estado do Paraná e pede a valorização dos profissionais e melhoria na qualidade da educação.

“No Paraná os professores estão em greve numa tentativa de evitar a retirada de benefícios, e ontem na manifestação em frente à Assembleia Legislativa, foram recebidos a balas e a cassetetes. Aliás, a polícia e os comandantes disseram que não eram para dar cacetada em cima, somente embaixo. Embaixo pode, em professor pode tudo.

É inadmissível termos de enfrentar essa situação, principalmente neste momento em que o debate do Plano Estadual de Educação está na pauta. Deveríamos discutir a valorização dos profissionais e como é possível melhorar a qualidade da educação para termos de fato crianças inseridas numa educação de qualidade.

Por isso, deixo o meu repúdio à forma de tratamento aos professores do Paraná e do estado de São Paulo. Espero que os governadores entendam que a greve faz parte do processo democrático. Abrir negociação é fundamental para que evitemos imagens como as do Paraná e como as de São Paulo, no que diz respeito aos profissionais da educação”, conclui o parlamentar.

Fonte: www.camara.sp.gov.br
Pronunciamento: 30 de Abril de 2015

Priscilla Ramos

Acadêmica em Comunicação Social - Jornalismo. Estagiária voluntária do Segunda Opinião. Educomunicadora e Produtora Cultural.