Senador do Pode quer que Bebiano preste esclarecimentos sobre financiamento da campanha presidencial do PSL

Em seu primeiro pronunciamento em Plenário, nesta segunda-feira (18), O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) se disse honrado por ter sido escolhido líder do maior bloco parlamentar da minoria, que se opõe ao governo. Ele comunicou que na terça-feira (19) vai protocolar requerimento convidando o Gustavo Bebianno, ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, a prestar esclarecimentos sobre o financiamento da campanha de Jair Bolsonaro à Presidência da República. Bebianno foi exonerado nesta segunda-feira por Bolsonaro.

— É preciso dar explicações ao povo brasileiro. Em uma democracia, os governos têm de dar explicações e prestar contas ao Congresso Nacional — afirmou.

Randolfe ressaltou ainda que não se trata de declarações de um parlamentar, mas de declaração concreta do secretário-geral da Presidência da República sobre o  financiamento da campanha do atual presidente.

O senador quer discutir também o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sergio Moro, e afirmou que simpatiza com o capítulo direcionado ao combate à corrupção. Ele lembrou também a reforma da Previdência, mas disse querer uma reforma que não penalize os mais pobres.

Agência Senado

segundaopinião

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.