Se Fortaleza fosse… Bela

Se Fortaleza fosse bela nós poderíamos andar tranquilamente pelas ruas independente do horário, poderíamos falar ao celular sem medo. Não teria problema algum traçar uma rota no maps e segurar o celular enquanto caminha até o seu destino, sabe?!

Mas Fortaleza é tão bela que a gente arranja lugares pra esconder o celular, cria estratégias e rotas mais “seguras” e altera os horários das saídas, só pra não perder o passeio no Estoril, ou o sorvete na 50 Sabores.

Se Fortaleza fosse bela, nós teríamos políticas públicas voltadas para os nossos idosos, eles seriam mais cuidados, teriam mais atenção dos governantes e dos demais.

Mas Fortaleza é tão bela que os nossos idosos contam histórias lindas da cidade, sustentam tradições e transmitem costumes como o de sentar na calçada e prosear lá naquelas ruas do Cais do Porto.

Se Fortaleza fosse bela, nós não veríamos crianças nas ruas abandonadas, pedindo em sinais de trânsito. Não teríamos pessoas sem teto, dormindo ao relento em uma praça tão florida como a Praça das Flores.

Mas Fortaleza é tão bela que frequentemente vemos pessoas preocupadas em doar um pouco do que têm para os menos favorecidos. Bom ou ruim; uma moeda, um lanche, uma ação social faz a diferença na vida dessas pessoas pelos bairros da cidade.

Se Fortaleza fosse bela nós teríamos mais empregos, não teríamos famílias sem o básico, não teríamos tantas pessoa endividadas, não teríamos ausência de dignidade.

Mas Fortaleza é tão bela, que as pessoas não desistem nunca, são criativas, divertidas, empreendedoras, perseverantes, essas pessoas se mantêm ali, firmes, na busca de um novo dia, um novo amanhã, um novo sol. O Beco da Poeira, ou melhor, a cidade inteira está cheia de pessoas assim.

Se Fortaleza fosse bela, nosso transporte público seria mais limpo, as pessoas, nesse sentido, também seriam mais educadas. Não teríamos muros de prédios, casas e comércios manchados por indivíduos que só sujam e não apresentam arte alguma.

Mas Fortaleza é tão bela que na janela do busão, mesmo sujo, todos os dias tem pessoas sonhadoras, que batalham por um futuro e não desistem apesar das circunstâncias.

E os muros sujos? Ah, quanto a isso temos em contrapartida os que decoram com sua arte deixando a cidade mais colorida e bonita.

Se Fortaleza fosse bela, não teríamos tanto lixo pelas ruas, seríamos mais conscientes, faríamos a nossa parte antes de apenas cobrar que a cidade seja limpa.

Mas Fortaleza é tão bela que apesar da falta de consciência de muitos, constantemente temos grupos de pessoas realizando ações de limpeza nas nossas praias, por exemplo.

Se Fortaleza fosse bela, não teríamos tantas Marias perdendo a vida, seríamos respeitadas por todos, inclusive pelos homens.

Mas Fortaleza é tão bela que todos os dias temos pessoas que não desistem de defender o óbvio e lutam para encorajar e fortalecer aos que precisam de voz.

Realmente, é certo dizer que a beleza está na nossa forma de enxergar a vida, o mundo, o lugar. E se Fortaleza hoje ainda tem muita beleza, não é mérito apenas do lugar, mas porque nós, Fortalezenses, não permitimos que a névoa encobrisse o que ainda temos de bom e bonito em nossa cidade.

Vamos seguindo assim, nessa ambiguidade, entre o belo e o não belo. Constatando que todo lugar é assim também. Tudo tem beleza e tudo tem feiura, depende dos olhos de quem enxerga. Até nós seres humanos somos assim, por vezes sujos, manchados e marcados pelo tempo, mas se olharmos bem, veremos que existe sim beleza em nós. Sejamos como Fortaleza bela e não bela…

Ainda que o prédio seja velho e marcado, deixemos nossas flores na janela, vamos permitir que elas apareçam. Quem sabe um dia chegaremos ao fim da ambiguidade, quem sabe.

 

Daniella Cruz

Daniella Cruz

Daniella Cruz é Psicóloga, empreendedora, especialista em Gestão Estratégica de Recursos Humanos e MBA em Gestão de Pessoas e Liderança. Tem participação em antologias literárias e é colunista no SegundaOpinião.jor

Mais do autor

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.