Rios de complicações fazem do cenário de 2017 um mar turbulento, diz senador do PP

O senador Roberto Muniz (PP-BA) chamou atenção para estudo que aponta um cenário preocupante para a recuperação dos indicadores econômicos no país. Ele mostrou apreensão especialmente com o índice de desemprego, ressaltando que postos de trabalho não são criados pelo Diário Oficial e acrescentando que o maior problema é a falta de condições de geração de empregos. Para Roberto Muniz, as perspectivas não são animadoras para o setor produtivo diante dos escândalos de corrupção, da crise dos estados e da falta de segurança jurídica.

O senador pediu atenção às reformas trabalhista e previdenciária apresentadas pelo Poder Executivo, mas, ao citar o ciclo de grandes manifestações dos anos anteriores, lembrou que o mês de março pode ser um novo “divisor de águas” na mobilização popular. Em sua avaliação, a resposta das ruas à agenda de reformas pode agravar a impopularidade do governo do presidente Michel Temer.

– Com essa impopularidade, nós vamos ter em março um desaguar desses rios de diversas complicações que qualificam o cenário de 2017 como um mar turbulento. Não será um mar calmo – alertou o senador.

Agência Senado

Osvaldo Euclides de Araújo

Osvaldo Euclides de Araújo tem graduação em Economia e mestrado em Administração, foi gestor de empresas e professor universitário. É escritor e coordenador geral do Segunda Opinião.