No Maranhão, 66% dos aposentados são rurais, e mulheres recebem bem menos que homens, relata senadora do PPS

A senadora Eliziane Gama (PPS-MA) destacou nesta quarta-feira (20), em pronunciamento, pontos que considera positivos e negativos da reforma da Previdência. Para ela a mulher do campo é a que mais vai sofrer, caso a reforma seja aprovada.

—  No estado do Maranhão, 66,86% são beneficiários rurais. Veja que impacto isso pode ter nas famílias do campo. A mulher do campo acaba tendo mais filhos. Em boa parte delas o filho sai de casa e elas têm que sobreviver com trabalho do campo. Agora elas vão precisar trabalhar mais —  disse.

A senadora também apresentou dados do próprio governo para ressaltar que os benefícios previdenciários dos homens são em média superiores aos das mulheres.

—  Por exemplo, um boletim estatístico da Secretaria de Previdência mostrou claramente: as aposentadorias masculinas concedidas em novembro do ano passado foram da ordem de R$ 1.938; as femininas foram de R$ 1.438.

Agência Senado

segundaopinião

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor