Mercado Prateado

Esse termo é utilizado para descrever o mercado voltado para pessoas com 50 anos ou mais referindo-se ao segmento de consumidores mais maduros, que muitas vezes têm necessidades e preferências distintas em comparação com grupos etários mais jovens.

Estudo da Oraganização das Nações Unidas – ONU mostra que em 2050, o planeta terá 2 bilhões de idosos. Daqui a três anos, o Brasil vai ocupar o sexto lugar em número de idosos no Mundo. Esse mercado movimenta R$ 2 trilhões ao ano no Brasil. No Mundo gira em torno de US$ 15 trilhões ao ano, mais que o PIB da China.

As empresas estão começando a perceber o potencial desse mercado e estão adaptando seus produto e serviços para atender às demandas desses consumidores. Isso inclui produtos que abordam áreas específicas como : saúde, lazer, bem-estar até tecnologias adaptadas que facilitem a vida cotidiana.

Adaptação de produtos e serviços:

1.​Tecnologia Adaptada:

• Celulares com interfaces mais simples, botões maiores e opções de acessibilidade.
• Tabletes e computadores com telas ampliadas e opções de contraste.
• Dispositivos de assistência auditiva e amplificadores de som.

2.​Saúde e Bem-Estar:

• Wearables e relógios inteligentes que monitoram a saúde, como batimentos cardíacos, pressão arterial e níveis de atividade.
• Produtos para fisioterapia e exercícios de baixo impacto.
• Suplementos alimentares focados na saúde óssea, cognitiva e cardiovascular.

3.​Moradia e Mobilidade:

• Casas inteligentes com tecnologia de automação residencial para facilitar a vida diária.
• Equipamentos de segurança doméstica, como câmeras de monitoramento e sistemas de alarme.
• Scooters e cadeiras de rodas motorizadas para maior mobilidade.

4.​Lazer e Entretenimento:

• Grupos de viagem e excursões voltados para pessoas mais velhas.
• Clubes sociais e atividades recreativas direcionados a interesses comuns.
• Livros e jogos que estimulam a mente, como quebra-cabeças e jogos de memória.

5.​Alimentação e Nutrição:

• Alimentos enriquecidos com nutrientes específicos para a saúde dos idosos.
• Utensílios de cozinha ergonômicos e de fácil manuseio.
• Serviços de entrega de refeições saudáveis e equilibradas.

6.​Cuidados de Saúde:

• Dispositivos de monitoramento remoto de saúde para acompanhamento médico.
• Produtos para cuidados com a pele e cuidados pessoais direcionados ao envelhecimento da pele.
• Produtos de alívio para dores articulares e musculares.

Mas, para consumir, é preciso chegar a essa idade com segurança financeira e a melhor saída é começar a se planejar ainda na juventude, que representa o período de acumulação de riqueza, para chagar lá na frente com tranquilidade.

O grande erro é que na juventude, a primeira fase da maturidade, passada sem previsão, e só começar a se preocupar com a aposentadoria ou com a velhice quando ela chegar.

Marcos Gondim

Marcos Venicius Gondim, consultor empresarial em finanças e planejamento estratégico e mestre em Desenvolvimento Territorial.