Gerenciamento de salários & Rachadinha

Fabrício Queiroz disse que fazia gerenciamento financeiro dos valores recebidos dos funcionários do gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro com o objetivo de aumentar a base política do deputado carioca. E que o deputado de nada sabia. Na carta ao Ministério Público, Queiroz não usa o termo popular “rachadinha”.

segundaopinião

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor