EUA marcham para atrair Rússia para uma guerra na Ucrânia

…A marcha implacável dos neoconservadores norte-americanos é atrair a Rússia para uma guerra na Ucrânia a fim de esgotá-la economicamente. É uma insanidade, pois os Estados Unidos jamais poderão ganhar essa guerra. Contudo os precedentes são pedagógicos. Os Estados Unidos fizeram a guerra contra a Coreia e não conseguiram ir além de um empate; perderam a guerra do Vietnã; tiveram uma vitória de Pirro no Iraque e ainda estão atolados no Afeganistão. Ganhar, mesmo, no pós guerra, só uma vez: a conquista de Granada por Reagan.

Os episódios mais recentes da chamada Primavera Árabe, sob inequívoca responsabilidade norte-americana, desandaram em total desestruturação da Líbia, reversão para uma ditadura militar no Egito, confusão institucional, guerra civil e intervenção saudita no Iêmen e, como epifenômeno, a emergência do neo-califado chamado Estado Islâmico que adota técnicas de carnificina que só perdem para os bombardeios de napalm dos Estados Unidos no Vietnã. Ou seja, o Oriente Médio foi estraçalhado pela sábia “proteção” norte-americana.

 

…Os atos recentes dos Estados Unidos no campo internacional, inclusive a intervenção na FIFA, são atos de escalada de guerra. Sua intenção é “melar” a Copa da Rússia em 2018, forçando os europeus e outros países vassalos a acompanhá-los a fim de pôr a Rússia de joelhos no cenário internacional. É uma guerra de desgaste do tipo das que precedem as guerras reais. Já citei aqui declarações de neoconservadores, hoje no poder nos Estados Unidos, predicando que o país não deveria aceitar jamais um outro rival do tipo da União Soviética. Eis a ação para isso.

(Trecho de artigo do jornalista J. Carlos de Assis, originalmente publicado em www.jornalggn.com.br)

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.