Chegou a hora do bom senso e da canja de galinha, por Jana

É claro que o Banco Central vai ser obrigado a cortar os juros numa dimensão menor do que gostaria e poderia. É que o mercado voltou a preocupar-se com o futuro do Brasil. As incertezas sobre os ajustes indispensáveis e inadiáveis nas aposentadorias e sobre as mudanças necessárias e positivas nas relações trabalhistas aumentaram demais, e vão custar algumas dezenas de bilhões de reais em juros, na prática. Sim, porque o mercado precifica a incerteza e o Banco Central não tem opção, a não ser chancelar o humor do mercado.

As questiúnculas políticas e institucionais estão travando a retomada a tal ponto que os grandes bancos internacionais, a começar pelo acreditado Goldman Sachs, já estimam que a volta do crescimento econômico vai demorar, é possível e provável que não tenhamos crescimento expressivo nem em 2018.

Estamos chegando a um ponto em que essas operações especiais tipo lava-jato já não cumprem um papel exclusivamente saneador e começam a perturbar a ordem econômica e atrasar o progresso. Está mesmo na hora de tomar essa preocupação legítima em alta conta e rever ritmos e procedimentos.  Imagina só o estrago que algo assim pode fazer se chegar pelo menos perto do sistema bancário.

O principal foi feito, chegou a hora de adotar a cautela. Bom senso e canja de galinha não fazem mal a ninguém, já dizia minha sábia avó, que viveu 100 anos.

Jana

Janete Nassi Freitas, nascida em 1966, fez curso superior de Comunicação, é expert em Administração, trabalhou como executiva de vendas e agora faz consultoria para pequenas e médias empresas, teve atuação em grêmios escolares quando jovem, é avessa a redes sociais embora use a internet, é sobrinha e neta de dois vereadores, mas jamais engajou-se ou sequer chegou a filiar-se a um partido, mas diz adorar um bom debate político. Declara-se uma pessoa “de centro”. Nunca exerceu qualquer função em jornalismo, não tem o diploma nem o registro profissional. Assina todos os textos e inserções na internet como “Jana”.

Mais do autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.