AI DE MIM, JORNALISTA NESTAS ELEIÇÕES, por Danilo Ramalho

Tomar partido, na imprensa, sempre foi visto como um jornalismo tendencioso e nada isento. Concordo sempre, quando, principalmente, toma-se partido pela mentira e pior, quando, usando as técnicas de comunicação, propositadamente confunde aqueles que deveria orientar. Nestas eleições é o que vemos, dos jornalões tradicionais às novas mídias.

O raciocínio é simples, como simples é o caminho reto: usar o jornalismo para apresentar e orientar rumo à justiça, verdade, beleza e bondade não é errado, mas é desejado. Indo além desta justificativa: é um dever de todos, seja da imprensa e seus medias, seja do marceneiro, como nos lembrou, certa vez, Claudio Abramo e “sua ética” jornalística.

Tendo informações e conhecimentos que ajudem na escolha dos caminhos que a sociedade deve trilhar, aí de mim como jornalista, professor, pai, cidadão, cristão, ai de mim de apenas “dar” a notícia, num país ainda de analfabetos funcionais imersos na nefasta forma de pensar que vai do politicamente correto ao relativismo racionalmente insustentável diante de cinco minutos de reflexão honesta.

Gelson Ferraz é um homem que aprendeu a fazer da política um caminho para ajudar a muitos, parecido com aquilo que o jornalismo deveria ser e a política também. Como vereador de Fortaleza foi da luta – vencendo com seus pares – contra a instalação nas escolas da corruptora de almas ideologia de gênero à valorização de uma categoria inteira de trabalhadores – não de apenas um amigo ou fiel de sua igreja – conseguindo da prefeitura o reconhecimento justo – portanto benefícios e segurança anexos ao ato – para os guias de turismo, centenas de profissionais sem amparo. Eis apenas dois exemplos de como deve ser um político brasileiro.

Ai de mim, tendo tais informações e conhecimento, os guardasse. Ai de mim, diante da sociedade que também represento, não dar a chance de outros elegerem num pleito com tamanha importância, alguém que faz a política que eu gostaria de estar fazendo. Ai de mim, jornalista.

Gelson Ferraz é candidato pelo número 10.123.

Danilo Ramalho

Danilo Ramalho

Jornalista, Consultor e Professor na Academia da Palavra

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.