deodato-ramalho

Vereador Deodato Ramalho (PT): o Congresso conservador não quer uma reforma política decente

O vereador Deodato Ramalho (PT) opinou em debate sobre a reforma política brasileira:

“O deputado Eduardo Cunha não foi derrotado, ele faz parte desse projeto que quer mudar tudo para deixar como está, porque esse congresso conservador não quer de fato uma reforma política decente”.

“A questão da reeleição não é um mal, o mal fundamental que temos é o financiamento empresarial de campanha, fonte de toda corrupção. E quando essas mesmas forças conservadoras fazem discurso a favor do financiamento empresarial de campanha e falam da corrupção, eles querem é continuar nesse sistema perverso”.

 

 

Priscilla Ramos

Acadêmica em Comunicação Social - Jornalismo. Estagiária voluntária do Segunda Opinião. Educomunicadora e Produtora Cultural.