TEMPINHO

O tempo revela, releva, e traz
Mas pode levar
Explica, replica, implica e pode complicar
O tempo transforma, conforma
E pode deformar
O tempo é têmpora, tempera, e pode destemperar

O tempo une, reúne, aproxima
E pode distanciar
O tempo prende, apreende, compreende, empreende, e pode
Desprender
O tempo abraça, faz graça, joga às traças, mas pode envolver

O tempo urge, ruge, urde, mas não pode fenecer
Uma coisa é clara
O tempo não para
Está sempre a voar
Mas sinto que espera um tempinho
Se me faz um carinho e vem me amar

16/06/2024
Dora de Paula

***foto de Plácido Andrade – Rua Assunção, 444 – ano de 2009

Dora de Paula

Maria Auxiliadora de Paula Gonçalves Holanda, doutora em educação-UFC, mestre em Educação-UnB, Arteterapeuta- Instituto Aquilae, escritora e compositora.