Arquivos em Tags: música

EU, VERSO

Faço o que faço
Por mim
Para mim
Por alguém
Ou ninguém
Digo o que digo
Sem pensar
Sem ouvir
Sem guardar
Escrevo-me para organizar
O que pouco sei
O que direi
O que não direi
E ninguém vai ler
Nem olhar
Amo a quem amo
Sem escolher
Sem medir
Sem entender
Sem receber
Tudo isso
Só acontece
Sem saber
O

Pra não dizer que não falei de flores

“Caminhando e cantando e seguindo a canção/Somos todos iguais/Braços dados ou não/Nas escolas, nas ruas, campos, construções/Caminhando e cantando e seguindo a canção”.
Era 1968, auge dos tenebrosos acontecimentos advindos do Golpe Militar de 1964. Nos quartéis, os mesmos a que

Ainda sobre poesia e música

Semana que passou, escrevi neste espaço sobre a proximidade da música com a poesia. O texto ensejou por e-mail e WhatsApp bons comentários. Mais de um leitor fez alusão ao simbolismo, movimento estético ocorrido entre fins do século 18 e

Capa de "Cycles Of Pain", próximo álbum do Angra

Angra: o que esperar de “Cycles Of Pain”?

Em nossa jornada por essa estrada chamada vida, sempre vamos nos deparar com inúmeros sentimentos. Bons ou não, esse caldeirão que provoca diferentes e diversos conflitos em momentos diversos com nossa própria psiqué nunca vai deixar de ser uma característica

Misturarte

O Projeto “Sarau Misturarte” propõe o encontro de  cinco artes (Literatura, Música, Teatro, Circo e Artes Plásticas) num único espetáculo.
Foram convidados mais de 30 artistas entre poetas, músicos, atores, circenses e artistas plásticos, para um evento que terá duração de

Um cidadão brasileiro (II)

Como ocorreria a outros tantos intelectuais e artistas, entre 1964 e 1985, período em que durou a ditadura militar, Caetano Veloso não raro seria considerado de esquerda pelos conservadores, e de direita pelos militantes da esquerda. Incompreendido, jamais abriria mão

Alegorias de Ednardo

“Nada parado, nada seguro, nada infinito ou puro”.
Ednardo, Amor de estalo, 1978
O sonho de toda cidade é ter seu poeta, porque a vida precisa de palavras nas quais se expresse. O que é verdade para a vida individual, não é

Amoroso, um livro sublime

Semana passada comentei aqui livro de Ivan Marques sobre vida e obra de João Cabral de Melo Neto. Desde então dediquei-me a ler Amoroso (Companhia das Letras, 2021), primeira biografia de João Gilberto e último livro do jornalista e musicólogo Zuza Homem