Arquivos em Tags: crônica

Os lusíadas alencarinos       

Dentre os piores pecados que um ser humano pode cometer, a ingratidão tem lugar de destaque. Esse mau costume de não reconhecer esforços de outros em seu benefício, direta ou indiretamente, impinge aos seres a desagradável fragrância do egoísmo. Tal

Sebastião menino

P. No que você ainda acredita, Sebastião?
S. Como assim?
P. Sebastião menino que foi brigar num flanco do Marrocos contra mouros e nunca voltou.
(Risos)
S. Revolução; nunca deixei de acreditar e lutar por ela. Só fiz autocríticas de como estava conduzindo isso.
P.

A Fortaleza em Preto e Branco

Caminhar pelo centro da cidade é um passeio por veias e artérias comerciais que nos confundem pelo numeroso fluxo humano e pela incessante atividade de compra e venda cotidianas, mas pode ser também – se assim você se permitir –

Benfique-se

Quantos e quantos amores eu tive/tenho em/por Fortaleza? Olha, entre pessoas, lugares, experiências e relances, acho que eu teria que viver mais duas vidas para contar tudo. No entanto, minha memória é péssima, o que provavelmente é aliviante, para você,

Aeroporto: A Estação da saudade

Era uma vez um aeroporto lotado de gente, falando sei lá quantos idiomas diferentes, malas, carrinhos, check-in, chamada no painel. Parece que todo aeroporto é barulhento, porém, um barulho particular de aeroporto. Eu gosto!
 
Uma ruma de avião todo dia e