Arquivos em Tags: crônica

77 – Renato Angelo

  Certo dia, conversando em uma festa com alguém em comum, foi-me revelado um novo estilo de lidar com a memória familiar, a afetividade e a privacidade. Meu interlocutor, pai…