Arquivos em Tags: arte

Um cidadão brasileiro (II)

Como ocorreria a outros tantos intelectuais e artistas, entre 1964 e 1985, período em que durou a ditadura militar, Caetano Veloso não raro seria considerado de esquerda pelos conservadores, e de direita pelos militantes da esquerda. Incompreendido, jamais abriria mão

“Mas é o legado acadêmico de Sergio Paulo Rouanet que restará definitivo para a inteligência brasileira, produção de que sobressaem como verdadeiros achados de sua aguda capacidade de análise do iluminismo e da modernidade, livros incontornáveis como “Mal Estar na

Alegorias de Ednardo

“Nada parado, nada seguro, nada infinito ou puro”.
Ednardo, Amor de estalo, 1978
O sonho de toda cidade é ter seu poeta, porque a vida precisa de palavras nas quais se expresse. O que é verdade para a vida individual, não é

Drummond, 120 anos

Quando brinquei de parodiar conhecido Drummond, no facebook, não antevi que o texto, plasmado no poema “Confidência do Itabirano”, do poeta mineiro, tivesse a repercussão que teve entre amigos queridos. Como tratasse da saudade telúrica e do sofrimento dela advindo,

Sânzio de Azevedo Ensaísta

Difícil, extremamente difícil, encontrar um leitor da historiografia literária cearense que, por qualquer motivo, não conheça os ensaios, livros ou estudos acadêmicos de Sânzio de Azevedo, um dos luminares das letras contemporâneas do Ceará.
Sânzio é escritor de prosa fluente

MISSÕES E MANIFESTOS: A ARTE DE FAZER ARTE

Discorrer sobre a arte e seus muitos aspectos é, também, discorrer sobre o contexto histórico na qual ela se expressa, visto ser ela parte inerente da natureza humana, portanto, sujeito e sujeita aos avanços, retrocessos, certezas e incertezas que tanto

Amoroso, um livro sublime

Semana passada comentei aqui livro de Ivan Marques sobre vida e obra de João Cabral de Melo Neto. Desde então dediquei-me a ler Amoroso (Companhia das Letras, 2021), primeira biografia de João Gilberto e último livro do jornalista e musicólogo Zuza Homem

Noites de luar na ABL

Poetas, seresteiros, namorados / Correi! / É chegada a hora de escrever e cantar / Talvez as derradeiras noites de luar.” (Lunik-9)
Chama a atenção o mal-estar que tomou conta de milhares de pessoas no Brasil desde a eleição de Gilberto

Novos imortais da ABL

A eleição de Gilberto Gil para a Academia Brasileira de Letras, na esteira do que já ocorrera com relação a Fernanda Montenegro, há uma semana, serviu para alimentar a velha discussão: o que é literatura? A pergunta, se atrelada a

György Lukács e o “Realismo Crítico”

Apresentação
Isaac Deutscher (1907-1967), marxista polonês radicado na Grã-Bretanha, foi um dos principais historiadores da Revolução Russa e autor de uma monumental biografia de Leon Trotski, considerada por muitos a melhor delas, publicada no Brasil em 1968, em três volumes (O