Arquivos em Tags: amor

Os velhinhos de Piracicaba

Com efeito, escrever sobre o Amor é tarefa não fácil de realizar. Explico. É tema já tão mastigado, que procurar uma ótica original de fazê-lo chega a parecer impossível. Mas, como neste instante em que deparo com a ‘página’ em

Amor em tempos de isolamento

—Aii!
Sinto aquela pontada pertinho do útero no meu lado esquerdo. 
– Eu sabia que estava ovulando! Esse tesão todo não viria do nada.
Bem que as vezes vem, mas esse era prenunciado pelo período fértil.
A dor traz um lembrete que nessa época

Carinho para com o ex

Para um ex-professor, quero crer que para todos aqueles que, como eu, dependuraram as chuteiras, pelo menos em termos do que convencionalmente se compreende por atividade docente, nada é mais prazeroso que ouvir daqueles a quem dedicou o seu trabalho

Da sabedoria e do amor

Li no Tao de Lao Tsé que os nomes não eram lá grandes coisas; que as palavras não continham o fluxo, não carregavam em si o poder que imaginamos ter. Algo assim, eu li. E recebi uma carta, extraviada, uma

O MEDO DE AMAR É UM FRACASSO

Agradar uma pessoa significa fazê-la feliz. Mas como fazer uma pessoa feliz, quando ela não aceita ser agradada, seu conceito de felicidade é outro, e não atende às expectativas de quem quer vê-la sorrir? Aí reside um problema de natureza

Sobre amor e amamentação

Hoje Aaron completa oito meses. Há oito meses eu amamento o meu filho. Precisamente há seis meses faço uma dieta restritiva de soja e de traços de leite. Aaron tem alergia alimentar. Seu organismo interpreta as proteínas de alguns alimentos

ELA PARTIU

             O amor é esta coisa que nos torna aves em voos suicidas. Talvez algum desagradável poeta ouse um dia perscrutar as névoas fundas desse sentimento que nos fragmenta, e aumenta-nos em nossa pequenez, e

Começar Pensando no Fim

Nunca gostei de frases como: “depois você troca”, “é só por um tempo”, “se não der certo, desfaz”, “não precisa ser pra sempre”, e tantas outras da mesma categoria. Acho que essa ideia sempre me apavorou. É certo que para