sergio-moro

Sergio Moro fica ao lado de Joaquim Barbosa e contra advogados

O juiz Sergio Moro, que conduz a Operação Lava Jato, entrou na polêmica surgida neste Carnaval, desde que o ex-ministro Joaquim Barbosa pediu a demissão do ministro José Eduardo Cardozo, depois da revelação de que ele se encontrou com advogados de empreiteiras investigadas.

“Intolerável, porém, que emissários dos dirigentes presos e das empreiteiras pretendam discutir o processo judicial e as decisões judiciais com autoridades políticas”, escreveu o juiz, ao redigir nova ordem de prisão preventiva dos executivos Ricardo Pessoa (UTC), Eduardo Hermelino Leite (Camargo Corrêa), Dalton Avancini (Camargo Corrêa) e João Auler (Camargo Corrêa). De acordo com Moro, as empreiteiras tentam interferir nas investigações.

“Não socorre os acusados e as empreiteiras o fato da autoridade política em questão ser o ministro da Justiça. Apesar da Polícia Federal, órgão responsável pela investigação, estar vinculada ao ministério, o ministro da Justiça não é o responsável pelas ações de investigações”, disse o juiz, que afirmou receber advogados cotidianamente.

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.