Sandra Batista (PC do B) exige do prefeito uma saída para os catadores do lixão fechado

Completado mais de um mês do fechamento do lixão do Aurá pelo prefeito de Belém, a vereadora Sandra Batista (PCdoB) chamou atenção para a situação dos catadores que dependiam do lixão para se sustentarem.

“O Ministério Público já havia se pronunciando pela anulação do contrato firmado pela gestão do ex-prefeito Duciomar Costa. Com isso, o prefeito Zenaldo Coutinho ganhou um novo prazo para resolver o problema. Mas ocorre que isso não foi feito e, agora, o prefeito fechou o lixão do Aurá sem levar em conta a situação dos catadores que dependiam daquele lixão para sobreviver e privilegiando uma cooperativa que foi elogiada aqui pelo vereador Higino”, afirma.

O lixão teve o seu fechamento antecipado pelo prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, à meia-noite do dia 25 de junho.

Alvares Leandro

Alvares Leandro

Graduando em jornalismo e filosofia, jornalista voluntário do Segunda Opinião.

Mais do autor

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.