telmario-mota

Roraima está estrangulada pela crise na vizinha Venezuela, diz senador do Pros

Senador Telmário Mota (Pros-RR) falou nesta segunda-feira (13), em Plenário, que Roraima “estagnou, parou no tempo”. Para ele, a crise com a Venezuela agravou ainda mais a situação do Estado.

— Roraima hoje já não disponibiliza serviços públicos de qualidade para o nosso povo. Estrangulou. As cirurgias eletivas estão suspensas. É uma fila enorme para cirurgia ortopédica. Os médicos estão sem receber. O transporte escolar está paralisado. As aulas na zona rural ainda não começaram. A segurança recrudesceu, de modo que Roraima grita por socorro para o governo federal — afirmou.

Telmário lembrou que o presidente Jair Bolsonaro convenceu o povo de Roraima nas eleições de 2018, que deu, ao mesmo, a segunda maior votação, com 62,9% dos votos. O senador disse que Roraima paga um preço alto por conta da acolhida [aos venezuelanos] e espera ajuda do governo federal.

— O governo brasileiro libera recurso para a acolhida e esquece que quem dá verdadeira política pública é o estado, são os municípios. E isso criou um desconforto. Isso criou um estado de calamidade, de agitação social. Roraima não aguenta mais essa acolhida no nosso estado — disse.

Agência Senado

segundaopinião

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor