O LIVRO DO PERDÃO

Perdoem, irmãos, a longa ausência
Sei que inda assim de mim falaram
Que nunca fui, portanto, tão presente

Perdão, irmãos, amigos escolhidos,
Perdão sobre perdão. Me cerquei
De livros, também vossos amigos,
Muito espero. E pensei, pensei,

Pensei coisas de bar e botequim
Mui semelhantes àquelas outras
Que nos ocupavam cara a cara

Irmãos, perdão, a morte essa outra
Irmã, me espreitava e me fazia
Com mil carinhos seu convite
E foi lembrando vós que eu disse

Airton Uchoa

Escritor, leitor e sobrevivente.