O capitalismo promete e cumpre: liberdade e prosperidade, por Jana

Uma organização não-governamental inglesa acaba de divulgar números que a imprensa do mundo inteiro tratou de divulgar como escândalos. São os números da distribuição da propriedade ou da riqueza.

Um deles diz que 8 bilionários têm patrimônio equivalente à metade mais pobre do planeta, 3,6 bilhões de pessoas. Outro número diz que o 1% mais rico têm riqueza equivalente aos 99% dos outros,pobres ou não.

Há um erro em tratar esses números e outros como se fossem a prova de que o sistema está doente e deve ser mudado ou substituído. Para as pessoas menos preconceituosas e menos suscetíveis ao noticiário superficial, quase não é preciso lembrar que vivemos uma global democracia e escolhemos democraticamente o sistema capitalista para reger as relações de negócio e trabalho.

Ocorre que a democracia é o regime da desigualdade. Por definição, ela funciona pela decisão das maiorias e, também por definição, ela respeita as minorias, mas, principalmente, a democracia prevê como requisito a alternância do poder – a minoria de hoje pode ascender, a maioria de ontem pode ser a minoria de hoje. Para isso há eleições e todos votam e decidem, escolhem.

Ocorre também que o capitalismo é um sistema que não promete justiça e igualdade. Ele promete duas coisas diferentes: liberdade e prosperidade. Promete e entrega. Todo mundo é livre para definir seu destino, inclusive para prosperar ou não. Questão de mérito, entre outras coisas.

Dito isto, vamos baixar a bola e direcionar melhor o debate.

Jana

Jana

Janete Nassi Freitas, nascida em 1966, fez curso superior de Comunicação, é expert em Administração, trabalhou como executiva de vendas e agora faz consultoria para pequenas e médias empresas, teve atuação em grêmios escolares quando jovem, é avessa a redes sociais embora use a internet, é sobrinha e neta de dois vereadores, mas jamais engajou-se ou sequer chegou a filiar-se a um partido, mas diz adorar um bom debate político. Declara-se uma pessoa “de centro”. Nunca exerceu qualquer função em jornalismo, não tem o diploma nem o registro profissional. Assina todos os textos e inserções na internet como “Jana”.

Mais do autor

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.