O BOM E O MAU

“De todo o mal te julgo capaz; por isso quero de ti o bem.”

[Friedrich Nietzsche, em Assim falou Zaratustra (Um livro para todos e para ninguém)].

 

Rarissimamente ajo

como age

quem sofre de carências de boa índole.

Nódulos quase imperceptíveis

em tecido são,

que em mim mais remorsos causam

– disto estou certo –

que sutis aceleramentos de diástoles e sístoles,

sem riscos de agravamentos,

ou perdas irreparáveis

ou arroubos indesejáveis

ou reações inconfessáveis,

dissentimentos ou dissabores,

prosternações ou torpores

em eventuais desafetos

ou vulgares insurrectos.

Não nasci para ser santo…

Jamais pretendi chegar a tanto.

Atormenta-me o dizerem que sou bom,

pois os bons morrem tão cedo!

Embora da Morte já nem sinta medo

(Até porque, se o tempo passa,

monótono, inexorável e em desfavor,

mais se aproxima o dia do confronto;

então, cumpre-me sempre estar pronto

e cônscio de que serei o perdedor…

Acolhei-me em teu seio, ó Senhor!),

deste cálice de teor tão amargo

a Vida ainda me faz passar ao largo…

Por enquanto.

Arreveso os profanadores de templos,

os iconoclastas, os atores de bravatas,

os racistas, os extremistas, os arrivistas,

os arrogantes, os intolerantes,

os desprovidos de pundonores

e todos os que se aprazem em oferecer maus exemplos:

os difamadores

– sempre ominosos –,

os corruptores

– sempre capciosos –

e os maus gestores

– mais que gananciosos –,

os esbanjadores

– tão generosos –,

os enganadores

– sempre presunçosos –,

os manipuladores

– sempre tão tinhosos –,

os bajuladores

– sempre manhosos –,

os estupradores

– sempre dolosos! –

e outros que tais!

E que Deus não os perdoe jamais,

pois eles sabem o que fazem!

Ora seja!

Francisco Luciano Gonçalves Moreira (Xykolu)

Francisco Luciano Gonçalves Moreira (Xykolu)

Graduado em Letras, ex-professor, servidor público federal aposentado.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.