Medidas “paliativas” não diminuem a violência, afirma Victor Cunha (PTB)

Ao criticar ações “paliativas” para combater a violência em estabelecimentos comerciais e locais públicos, o vereador disse que medidas meramente proibitivas não diminuem a violência. “Parece que a população precisa ficar trancada em casa para ter a sensação de segurança”.

Para Victor Cunha, as autoridades policiais e Ministério Público estão dificultando a participação popular em determinados eventos. “É sempre um pequeno grupo que está envolvido nos casos de violência em locais abertos ao público”. Victor se referia às medidas adotadas pela polícia que impõem restrições como fechamento de bares e limitações em partidas de futebol.

O parlamentar sugeriu a realização de pesquisas de opinião para identificar se tais medidas teriam apoio popular.

 

 

 

 

 

Com informações da Câmara Municipal de Belém

Franzé de Sousa

Franzé de Sousa

Repórter Fotográfico/Videomaker, colaborador do Segunda Opinião.

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.