Deputado Silvio Costa Filho (PTB) mostra que Estado não vem aplicando recursos de fundos sociais

A redução das verbas do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), foi avo de críticas do líder da Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Criado e regulamentado em março de 2013, o programa prevê repasses da gestão pernambucana para planos de trabalho municipais de investimento nas áreas de infraestrutura, educação, saúde, segurança, desenvolvimento social, meio ambiente e sustentabilidade.

Citando informações do Portal da Transparência, Costa Filho afirmou que apenas 62% do que estava previsto em 2013 foi efetivamente executado. Em 2014, esse percentual ficou em 53% e este ano, até o momento, apenas 15% dos cerca de R$ 250 milhões previstos foi desembolsado.

“Precisamos diagnosticar o porquê dessa situação. Os secretários da Fazenda e de Planejamento nos asseguraram que esses recursos seriam preservados. Por isso, é importante que, na volta do recesso parlamentar, em 2016, eles apresentem um balanço do programa”, concluiu Silvio Costa.

 

 

Fonte: Asessoria de Comunicação da ALEPE.

Franzé de Sousa

Repórter Fotográfico/Videomaker, colaborador do Segunda Opinião.

Mais do autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.