Deputado diz que Governo policia mal a rota de tráfico

O deputado Daniel Oliveira (PMDB) disse que. “ainda se mata mais no Ceará do que na guerra do Iraque”.

Daniel Oliveira criticou a maneira como está sendo conduzido o combate ao tráfico de armas no Ceará: a apreensão só ocorre após a ocorrência dos homicídios e não de maneira preventiva.

Para o deputado, o efetivo policial nessas áreas ainda é insuficiente. Como exemplo, ele citou a cidade de Lavras da Mangabeira, que possui apenas quatro policiais militares para atender uma população de 32 mil habitantes. “Em Santana do Cariri, fronteira do Ceará com Pernambuco e rota do tráfico de drogas, há apenas três policiais militares e nenhuma viatura policial. É um absurdo”.

segundaopinião

SEGUNDA OPINIÃO é um espaço aberto à análise política criado em 2012. Nossa matéria prima é a opinião política. Nosso objetivo é contribuir para uma sociedade mais livre e mais mais justa. Nosso público alvo é o cidadão que busca manter uma consciência crítica. Nossos colaboradores são intelectuais, executivos e profissionais liberais formadores de opinião. O SEGUNDA OPINIÃO é apoiado pelo MOVIMENTO COESÃO SOCIAL.

Mais do autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.