BALAS, BOMBAS E BURRICE

No último sábado, 29/05, a Polícia Militar do estado de Pernambuco cometeu uma barbárie por meio de ataque aberto à democracia brasileira ao lançar balas e bombas contra cidadãs e cidadãos pernambucanos em pleno exercício de sua cidadania, expressando por meio de uma passeata pacífica a sua luta pelos direitos de ter suas vidas garantidas pelo Estado brasileiro mediante a agilização e amplificação da vacinação contra a Covid-19, bem como pelo envio urgente de verba emergencial de R$600,00 (seiscentos reais) mensais, por parte do governo federal, para a população vulnerável economicamente em virtude da pandemia. É o que analisamos em breves reflexões no nosso programa de hoje.

Alexandre Aragão de Albuquerque

Alexandre Aragão de Albuquerque

Mestre em Políticas Públicas e Sociedade (UECE). Especialista em Democracia Participativa e Movimentos Sociais (UFMG). Pesquisador do Grupo Democracia e Globalização (UECE/CNPQ). Autor dos livros: Juventude, Educação e Participação Política (Paco Editorial); Para entender o tempo presente (Paco Editorial); Uma escola de comunhão na liberdade (Paco Editorial); Fraternidade e Comunhão: motores da construção de um novo paradigma humano (Editora Casa Leiria) .

Mais do autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.