Sobre Gilmar Oliveira

Gilmar Oliveira, Professor Universitário.

O MUNDO É PANDÊMICO


O Planeta se contorce, geme e chora. Percebo e ouço soluços convulsivos de famílias dizimadas. Analiso estatísticas alarmantes de mortes que me entristecem e me assombram. Lágrimas rolam na minha face. Quero falar sem devaneios. Para ser preciso, conceituo e

RECUPERA-TE, ALMA SEBOSA!

Estamos no século XXII. Há cem anos, a vida era difícil e esquisita no Brasil:
– Para constituir uma família as pessoas precisavam se casar;
– Para trabalhar, os pais deixavam as crianças com babás, mulheres cuidadoras de crianças;
– As ruas eram

DEVOLVAM O MEU DINHEIRO!

Nos regimes capitalistas as instituições públicas são geralmente inoperantes e estão a serviço de uma minoria que cria suas arquiteturas para bem servi-la. O povo é usado para abastecer essa máquina caça- níqueis, mediante pagamento de impostos que engordam os

MACUNAÍMA VIVE!

Apoiado pela burguesia,
Promete fazer o mal.
Continua egoísta,
Sem compromisso com ninguém.
Mário de Andrade,
Você está feliz com essa notícia?
Seu personagem vive,
Com os mesmos atributos:
100% de malandragem,
Sujo como pau de galinheiro,
Astuto como macaco velho,
Falastrão como palhaço no picadeiro,
Desorganizado como ninho de cachorra parida,
Ousado

COM A PALAVRA O STF

“Quando a casa está bagunçada, alguém tem que interferir para por ordem”.
A partir dessa metáfora, quero relembrar sete evidências capazes de eliminar a ilusão de que a Presidenta Dilma foi deposta por crime de responsabilidade e o ex-Presidente Lula foi

A MUDANÇA ATENUA A CULPA

A imprensa independente, o The Intercept e o hacker da Araraquara, a imprensa mundial, juristas renomados e vozes livres do mundo inteiro, têm divulgado de forma direta e inequívoca, os escândalos que têm centralidade no golpe de 2016, que depôs

PACTO DE MORTE ENTRE IGUAIS!

Conta-se que o Capitalismo perverso ia caminhando devagar, cansado, cheio de desalento, e viu o COVID-19 (no masculino) sentado debaixo de uma árvore frondosa. Aproximou-se e, com arrogância e desdém, perguntou:
$ – O que estás fazendo aí, Corona?
* – Estou

ONDE ESTARÁ LINDALVA?!

Nasci num oásis chamado sítio Latadas. Com os olhos da mente, vislumbro minha infância e minha adolescência, ricas de experiências com a natureza e com o desejo ardente de ficar grande, casar e encher a casa de filhos, modelando Afonso