Sobre Auto Filho

AUTO FILHO é professor de Filosofia e Economia Política da Universidade Estadual do Ceará. Foi editor literário do jornal Gazeta de Notícias e Crítico de Arte do jornal Unitário.

A moral anarquista

_______
A decisão do ex-juiz Sérgio Moro e do ex-procurador chefe da chamada “Operação Lava-Jato”, Deltan Dallagnol, de entrar na política eleitoral despertou o udenismo moral brasileiro para uma retomada da campanha moralista contra Lula e o PT, iniciada pelos dois

Ecologia de Marx à luz da MEGA 2

Ecologia de Marx à luz da MEGA 2
ALAIN BIHR[*]
 
______________________________________
Nota do Editor
A crise ecológica planetária é por demais grave, merecendo, em conseqüência disso, que se insista na necessidade de compreender cada vez melhor suas causas para que seja possível oferecer as

A Fenda Planetária

John Bellamy Foster é o editor da Monthly Review e professor de sociologia na Universidade de Oregon. Haris Golemis é um economista grego que trabalhou no Departamento de Pesquisa do Banco da Grécia, foi consultor científico da Federação dos Funcionários de Bancos da Grécia, consultor

Trotski responde a Russel

Mais uma vez sobre pacifismo e revolução
 
Na coluna anterior publicamos o artigo do filósofo e matemático britânico Bertrand Russel (“Trotsky sobre nossos pecados”) sobre o livro “Para onde vai a Inglaterra?”, de autoria do líder revolucionário russo Leon Trotski. Hoje

György Lukács e o “Realismo Crítico”

Apresentação
Isaac Deutscher (1907-1967), marxista polonês radicado na Grã-Bretanha, foi um dos principais historiadores da Revolução Russa e autor de uma monumental biografia de Leon Trotski, considerada por muitos a melhor delas, publicada no Brasil em 1968, em três volumes (O

Diggins, John Patrick, 'The rise and fall of the American Left'. New York. WW Norton & Company.1973.

Meios e fins – Sobre A nossa moral e a deles

Segunda Leitura 
 
Apresentação
   O artigo que ora divulgamos pela primeira vez no Brasil, foi escrito pelo filósofo liberal americano John Dewey a pedido dos editores da revista The New International e publicado em sua edição de agosto de 1938. Trata-se de uma