Sobre Alder Teixeira

Professor titular aposentado da UECE e do IFCE nas disciplinas de História da Arte, Estética do Cinema, Comunicação e Linguagem nas Artes Visuais, Teoria da Literatura e Análise do Texto Dramático. Especialista em Literatura Brasileira, Mestre em Letras e Doutor em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais. É autor, entre outros, dos livros Do Amor e Outros Poemas, Do Amor e Outras Crônicas, Componentes Dramáticos da Poética de Carlos Drummond de Andrade, A Hora do Lobo: Estratégias Narrativas na Filmografia de Ingmar Bergman e Guia da Prosa de Ficção Brasileira. Escreve crônicas e artigos de crítica cinematográfica

Lições de liberdade

A semana que termina transcorreu com fatos importantes da vida cultural do país. Na terça 6, Cacilda Becker, maior e mais icônica figura do teatro brasileiro, faria cem anos. Na quarta 7, vítima da Covid-19, morreu Alfredo Bosi, expoente da

Clarão momentâneo

Como é próprio dos facínoras e dos loucos, o presidente Jair Bolsonaro não suporta que lhe obstruam o caminho. É de sua índole, como fazem aqueles, ir ao cabo de sua perversidade e estupidez na execução do crime; como estes,

O jornal A Praça faz 20 anos

 
Enquanto sento para escrever a coluna de hoje, é inevitável que faça uma projeção de quantas publiquei em suas páginas, uma vez que sou da equipe com que este semanário deu os seus primeiros passos.
Pouco menos de mil, mais de

Um livro que faz respirar

A concluir pelo que sugere o título, em meio a uma pandemia que já ceifou a vida de quase trezentos mil brasileiros, O Ar que me falta (Companhia Das Letras, 2021), convenhamos, não parece mesmo ser uma leitura recomendável. Pelo contrário, ainda

Efeito Lula

Apenas teve seus direitos políticos reconquistados e o ex-presidente Lula já presta bons serviços ao país. Curvando-se à correção com que Lula e sua equipe conduziram a solenidade em que proferiu seu primeiro pronunciamento como virtual candidato em 2022, ocasião

A obra de arte e seus detratores

Qualquer pessoa minimamente interessada em Arte haverá de saber: se a princípio a escultura monolítica, nascida da técnica do entalhe, prescindia de uma relação rigorosa com o elemento ‘espaço’, pelo menos na perspectiva do local escolhido para a sua implantação,

Congratulações à Folha

Há quarenta anos leio a Folha de S. Paulo. No começo, assinante do jornal, recebia-o com enorme atraso, aos pacotes chegados pelo correio com dez, doze edições. Interessavam-me, mesmo assim, as colunas, artigos de opinião e, com poucas exceções, os

Cena Brasileira

De gostar tanto, voltei ao Cena Brasileira, belíssimo livro de Osvaldo Araújo. Evidencio que se trata de um trabalho de personalidade, com a marca estilística de um escritor que transita com notável intimidade pelo delicado território que separa a crônica

A arte intimista de Sam Levinson

Fim de tarde do domingo, vem-me a mensagem da filha Carolina: — “Pai, veja na Netflix o filme Malcolm & Marie! Acho que vai gostar!” Como pedido de filha é ordem, ato-contínuo ligo a tevê como que para cumprir uma

O Fim Melancólico

Uma canetada do Procurador Geral da República, Augusto Aras, no bojo dos compromissos firmados às escondidas com Jair Bolsonaro, a fim de poupar o presidente e seus filhos de investigações futuras, põe definitivamente por terra a mais explosiva operação contra