Sobre Airton Uchoa

Escritor, leitor e sobrevivente.

Novo diário dos diários da quarentena

14h27. O jornalista Hélio Schwartsman parece que está sendo investigado porque logo depois que o presidente divulgou que estava contaminado publicou um breve artigo no qual dizia que esperava que Bolsonaro viesse a óbito, não por razões pessoais, não por

Diário da quarentena – 21 de junho. 0h40.

Mais de um milhão de contaminados no Brasil.
A impressão que se tem é que o presidente se empenha em preocupações de cunho patriarcal, coisa muito natural, e até mesmo honrosa e exemplar, diriam seus apoiadores, religiosos, patriotas, conservadores e religiosos.
A

A ÚLTIMA PERGUNTA UMA SEGUNDA VEZ

Dizem 
 que um dia um planeta chamado Terra se acabou, exaurida.
Menos que lenda, era claro que era besteira: pensar que a humanidade tenha surgido num planeta tão remoto com um nome tão estranho.
Onde realmente se originou a humanidade? Agora que tudo

O LIVRO FANTASMA DE UM MINISTRO MORTO

“Deus tenha piedade desta nação.” (Eduardo Cunha)
Sonhei que vivia num país estranho, tão estranho que só no meu sonho existiu, e que alguém assassinava o primeiro ministro daquele lugar inusitado que o sono inventou.
Ninguém sabia como tinha sido, que arma

Maranguacaucanaú

As salas de espera da sobriedade, surrela. “Surrela”, ela quer que eu lhe diga no ouvido. “Me chama de surrela”, ela diz, “me chama de uma coisa bem suja”. Ela puxa as minhas mão pra dentro das suas roupas como

MALDITA LIBERDADE

Não é verdade que um paulistano se mate por amor. Lá embaixo há muitos deles. Quem poderia pensar que são tantos? Um rio. Gente. Surrela. Nenhum deles se mataria por amor, nenhum dos autênticos. Quais são os autênticos? Os filhos

Anankè

É preciso e inevitável
Anankè
Cometer erros na vida
É preciso mesmo
Morrer de vez em quando
E renascer
Também de vez em quando
Mas eu sei que te matou
Foi o mundo
E eu digo
Que nesse momento
Contra a tua vida
Estava o mundo errado
E as pessoas nele
Erradas
Cristo, por que