Assim falou Katiúscia (no sertão do Ceará)

Lascou! Não tem lugar pra trabalhar!
Eu vou – vou voltar pro Ceará!

Cavalgando a mula manca
Que eu peguei do véi Venâncio
Viajei sem ter descanso
Pro sertão do Ceará

Já morei em Barcelona
Inglaterra e no Arizona
Mas agora eu tô na lona
Vou voltar pro meu lugar

Vou chegar no mês de junho
E rever minha família
O que não falta é quadrilha
No sertão do Ceará

No sertão do Ceará
A cisterna encharcou
Seu Francisco já chegou
O mar vai virar sertão
E o sertão, um celular
No sertão do Ceará
Catavento dá energia
Até o buraco da jia
Tem tomada pra ligar

Os menino come pedra
As muié que come reza – amém!?
Pastor alemão come dinheiro – ô Glória!
No sertão do Ceará
Uma casinha conjugada
Com TV de tela em plasma
Internet afolozada
No sertão do Ceará

A mulinha tá arretada
Passageiro na cangalha
Vão pagando em Jegue-Coin
No sertão do Ceará

No sertão do Ceará!
Tem forrozeiro sem pescoço
Tem pivete só o osso
E uma nêga pra abarcar
No sertão do Ceará!
Nossa água já tem dono
Vai direto pro esgoto
Projeto Sacanear

-O Galeguinho vai gostar
(No sertão do Ceará!)
– Onde tem asfalto bom
– Ver a rede balançar
(No sertão do Ceará!)
– Onde o sol é bem mancin’!
– Vou pra terra de Alencar!
– Onde eu vou ganhar dinheiro!
– Vou virar um cartãozeiro!
(Espantar catimbozeiro!)

Passando por Jaguaribe
Que tem sempre um atoleiro
Meus amigo pistoleiro
Sempre vêm pra me ajudar

Cada qual com uma pistola
Vou voltar pra corriola
Tira a mão da minha mala!
Se me olhar fêi eu meto é bala

O senador é o “Merendinha”
Vira galo só na rinha
Os motoqueiro tange boi
Quando você viu, já foi

No sertão do Ceará!
Tem muié fazendo renda
Aplicando em CDB
Overnight em Massapê
No sertão do Ceará!
Tem dinheiro pra chuchu
Não é BEC ou Itaú
É só olhar no Panamá

Eu vou!
Vou pra terra de Alencar!
Eu vou!
Vai virar um Bacurau!

Renato Angelo

Mestre em políticas públicas, professor universitário, pesquisador, poeta e contista

Mais do autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.