Agenor Neto (PMDB) reclama da falta de investimentos nos hospitais regionais e faz apelo à imprensa

Em pronunciamento realizado em sessão plenária da Assembleia Legislativa, o deputado chamou a atenção para os problemas que envolvem a saúde pública no Estado. A suspensão de cirurgias pelo Hospital Geral de Fortaleza (HGF) por falta de equipamentos e insumos, foi o foco do discurso. Segundo ele, a decisão do hospital poderá deixar até 150 pacientes sem cirurgia nos próximos dias. “A situação é terrível e já foi vivenciada por nós antes”, comentou.

O deputado cobrou mais investimentos para os hospitais regionais e apelou para que esses hospitais recebam, pelos menos, 8% do valor que o Estado paga pelo custeio do Hospital Regional de Sobral.

Conforme observou, o Hospital Regional de Sobral recebe mensalmente do Governo do Estado, para custeio, R$ 11,8 milhões. “O povo das outras regiões paga os mesmos impostos para ter uma saúde inferior à de Sobral? Eu acho que não”, considerou.

Agenor Neto informou também que outros hospitais regionais já estão anunciando um funcionamento limitado, devido à falta de recursos. Segundo ele, nos próximos dias, o Hospital Regional do Cariri só atenderá pacientes em estado grave, e o Hospital de Barbalha irá reduzir 30% do seu atendimento. Ainda sobre o Hospital Regional do Cariri, ele lembrou que “o Estado ainda nem licitou a compra de seus equipamentos – e ele já foi inaugurado”.

O parlamentar fez um apelo à imprensa para que divulgue essas informações. “Todos aqui sabemos da força da imprensa, e as crises recentes na saúde que tivemos tiveram repercussão nacional; então é importante que se divulgue toda essa situação”, concluiu  o peemedebista.

Com informações da ALCE

Franzé de Sousa

Repórter Fotográfico/Videomaker, colaborador do Segunda Opinião.

Mais do autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.