Vereador do PSDB elogia medidas de corte de custos, mas diz que Prefeito demorou

André Régis faz análise no conjunto de medidas de corte de despesas com a meta de economizar mais de R$ 90 milhões no ano de 2017, anunciadas pelo prefeito Geraldo Julio: “há quatro anos estamos usando essa tribuna para que o Prefeito reconheça e faça um ajuste no redimensionamento do tamanho da máquina. Estamos aqui aplaudindo a medida, mas considero que foi de forma tardia”.

O parlamentar destacou que a Câmara apoiará todas as medidas que visam à melhoria da qualidade de vida do recifense. “Todas as vezes em que a gestão enviar projetos para otimizar a máquina e modernizar a gestão, ela terá o nosso apoio. Mas acho que foi contraditório o comportamento do primeiro mandato, elevando o custo de pagamento de pessoal que passou de 42%  para 49,78%”.

Além disso, o vereador lamentou a aprovação recente da taxa de resíduos sólidos. “Os recursos públicos estão sendo canalizados de forma inadequada para uma máquina que precisa ser modernizada. A aprovação nesta Casa da substituição no financiamento da limpeza urbana pela taxa de destinação de resíduos vai majorar o custo para o contribuinte”.

Heliana Querino

Heliana Querino

Heliana Querino, jornalista, aprendiz de blogueira, fotógrafa e colunista do Segunda Opinião.

Mais do autor - Twitter - Facebook - LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *